BATE-VOLTA DO PORTO PARA FÁTIMA E COIMBRA

Portugal
É responsabilidade da rede hoteleira e de cada propriedade individual verificar a exatidão das fotografias mostradas. A mundoo não se responsabiliza pelas imagens.
Como é a experiência?
Descrição

Duas horas ao sul de Porto, Fátima seria apenas mais uma cidadezinha interiorana se não fosse por um acontecimento milagroso em 13 de maio de 1917. Nessa data, três crianças afirmaram ter visto ali a Virgem Maria – e desde então o local se tornou um ponto de peregrinação cristã mundialmente conhecido. Independente de qual for a sua religião, Fátima impressionará com seu imponente santuário de estilo neoclássico. Você terá um tempo livre para assistir à missa, explorar o complexo ou passear pela cidade antes do almoço.

Depois, já no caminho de volta para Porto, faremos uma parada estratégica em Coimbra. Além de ter sido capital do país durante séculos, a cidade abriga uma das universidades mais antigas do mundo ainda em operação. Visitaremos o prédio da instituição, que fica no alto de uma colina, parece uma fortaleza e tem alunos vestindo tradicionais capas pretas. Também há um tour panorâmico pelas ruas estreitas do centro, passando pela bem-preservada Sé Velha de Coimbra.


 É imperdível porque...
• Fátima é o mais importante centro religioso de Portugal e, durante a visita, você terá tempo livre para ir à missa ou explorar o complexo

• Graças à presença de seus estudantes, Coimbra tem uma atmosfera vibrante ao mesmo tempo que mantêm as tradições de sua universidade

• A Sé Velha de Coimbra é a única das catedrais românicas de Portugal que se manteve relativamente intacta até os dias de hoje

Duração e hora de início

1 Dia(s) (08:30)

O que você precisa saber:

Inclui:
• Guia
• Almoço
• Transporte

Não inclui:
• Entradas
• Serviços não especificados

Informações adicionais:

Idioma – Português
Ponto de partida – Hotel
Horário de saída – 08h30
Duração de aproximadamente 8 horas
Nível de dificuldade – Fácil; acessível para cadeirantes

 Quando
Ano todo; diariamente (exceto em 25 de dezembro e 1° de janeiro)